quarta-feira, 10 de março de 2010

Aproximação ao campo de pesquisa




Na última quarta - feira, às 16:00h, nos reunimos na escola campo de estágio, a fim de apresentarmos para os docentes do IERP, a proposta do Projeto de Estágio, bem como possibilitar uma maior aproximação entre os discentes/estagiários da UESB e os professores formadores daquela instituição. Percebia no olhar dos meus alunos, muita curiosidade e ansiedade frente ao novo desafio. Foi um momento de reencontro entre alunos formandos e ex -professores da Escola de Ensino Fundamental. Comecei a reunião falando do nosso projeto de estágio e pontuando a importância da parceria estabelecida na consecução dos nossos objetivos. Deixei claro para os docentes do Instituto, que o Estágio não é aplicação de teorias e nem é momento de aplicação de técnicas e de mostrar que sabe ensinar. Romper com essa concepção caduca de estágio é fundamental para compreendermos esse importante momento da formação. Destaquei os saberes da experiência vivenciados pelos professores da escola, como fundamentais na formação dos novos pedagogos. Assim, começamos as apresentações, onde cada professor formador ia falando um pouco de si e do perfil da sua sala. Em seguida, cada dupla de estagiários foi se apresentando, e colocando suas expectativas e dúvidas. Ficou claro para todos nós, que os alunos do IERP necessitam de um trabalho intenso com leitura e com escrita. Logo após esse quebra gelo inicial, discutimos com os professores a temática do estágio, e o nosso grupo ficou com o Projeto de Leitura, focando em dois gêneros textuais: fábula e música. Imaginamos e sonhamos várias possibilidades. Distribui as pastas do estágio para cada professor, com orientações sobre calendário, avaliação, e o convênio firmado com a UESB. Volto a ressaltar, que a aproximação com os atores da escola, é de fundamental importância para essa etapa tão importante do estágio.

O que vocês acharam da reunião?

Beijos,

8 comentários:

Janyne Barbosa disse...

Olá Socorro,

Adorei a reunião de hoje. Foi muito bom e significativo esse primeiro contto com a escola onde iremos realizar o estágio no Ensino Fundmental I. Foi um momento de reencontros e interação entre a Instituição de Ensino e o grupo de alunos da UESB.
O bate papo que tivemos hoje foi sem dúvida um momento ímpar para realização do estágio, pois é nesse momento que temos oportunidade de colocarmos nossas expectativas, anseios, tracar idéias e principalmente conhecer de perto o corpo docente da escola.Isso facilita a interação entre os grupos envolvidos e uma visão geral do espaço escolar.
Fica agora as expectativas para o inicio do estágio, a certeza de que seremos bem acolhidos e que iremos desenvolver um bom trabalho.

Mediando Conhecimento disse...

A reunião foi excelente, ouvir um "depoimento" de uma professora com 32 anos de carreira que me surpreendeu. Ela falou: " sou professora e sou feliz e queria que as minhas filhas fossem também, porque é a mais bela profissão. E quando eu entro na sala de aula eu esqueço de tudo inclusive da família, há não ser se tiver algum problema no momento, é preciso conhecer cada um de seus alunos a realidade em que eles vivem, e o que prezo mesmo na relação professor-aluno é o respeito, pois eu respeito sempre os meus alunos."
Esse depoimento me deixou arrepiada, pois quem imaginava ouvir essas fala? Isso porque sabemos que é muito difícil encontrar uma professora com todo amor por essa profissão. Foi um injeção de ânimo... com certeza darei o melhor de mim!
Que venha o sestágio!

Aline Silva disse...

A reunião com as professoras no IERP foi ótima, prazerosa e de grande importância para nos futuros pedagogos. Relatos que nos motivam a caminhar neste caminho da docência que é cheio de surpresas. Este encontro nos possibilitou uma aproximação, importante para nos estagiários e a instituição nos recebeu super bem. Muita expectativa para os dias que virão!
Estou disposta a trabalhar no estágio, onde será mais um momento de aprendizagem, que estará sempre em minha lembrança.
E que venha o estágio!!!
Aline

Aline Silva disse...

A reunião com as professoras no IERP foi ótima, prazerosa e de grande importância para nos futuros pedagogos. Relatos que nos motivam a caminhar neste caminho da docência que é cheio de surpresas. Este encontro nos possibilitou uma aproximação, importante para nos estagiários e a instituição nos recebeu super bem. Muita expectativa para os dias que virão!
Estou disposta a trabalhar no estágio, onde será mais um momento de aprendizagem, que estará sempre em minha lembrança.
E que venha o estágio!!!
Aline Silva

mateus disse...

Olá Socorro.

Adorei a nossa reunião, foi um momento muito gratificante e de muito aprendizado. Os depoimentos das professoras me motivaram e me fez acreditar que a docência é muito gratificante apesar dos conflitos que existe. As minhas expectativas em relação ao estágio agora são as melhores possíveis, tenho certeza que a nossa equipe realizará um bom trabalho.

Socorro Cabral disse...

Oi meninas,

Que bom que vocês gostaram da nossa reunião. Eu acho esse momento fundamental no estágio. Conhecer o professor, a escola, a direção é de suma importância no início da pesquisa.

Socorro

Eliana disse...

Olá Socorro....
Amei o nosso encontro no IERP. Foi um momento que eu me senti especial. Primeiro por está no meio de pessoas tão experientes e segundo,foi proporcionado a minha turma uma interação ou melhor, uma aproximação com quem nós vamos está durante um período muito importante para a nossa formação. Também como Sayonara falou, o que mais chamou minha atenção foi uma professora dizer que é feliz na profissão ao qual ela escolheu, isso me deixou emocionada, pois já presenciei por meio de algumas observações em algumas escolas, professores desanimados,com o desejo logo de aposentar e parar de ensinar .Quero te agradecer por ter nos oportunizado esse momento ímpar. Obrigada.
Eliana

Socorro Cabral disse...

Oi meninas,

Eu não esperava professores em fim de carreira tão animados e esperançosos. Foi uma injeção e tento para todos nós. Vocês perceberam como as professores colocaram a questão da dicotomia entre teoria e prática?